quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Ofício da Imaculada - Jan/17



Dia 08 de Janeiro, às 18:30 horas, estivemos reunidos na sede da comunidade, para nos colocar inteiramente sob a proteção de Maria e apresentarmos a ela toda a nossa família, juntamente com todas as famílias do mundo inteiro.
Iniciamos nosso Ofício da Imaculada , apresentando a Nossa Senhora todas as nossas intenções particulares e também os projetos da comunidade para o mês de Janeiro. Após a apresentação das intenções, demos início ao Ofício da Imaculada cantado.
Esse mês especialmente, por ser início do ano, ao término do Oficio da Imaculada, fizemos uma oração de libertação pela nossa família, pedindo que Jesus e Maria, reinem sob as nossas famílias e afastem de nós toda espécie de mal, seja espiritual, emocional, físico e material. Colocamos sob o senhorio de Jesus, todas as pessoas da nossa família e também nossos bens, para que tudo que temos e somos esteja sob a graça de Deus e nos faça cada vez mais, discípulos apaixonados por Jesus Cristo e sua Igreja.

"Ouvi, mãe de Deus minha oração, toquem vosso peito os clamores meus"

"Santa Maria, Rainha dos céus, Mãe de Nosso Senhor Jesus Cristo, Senhora do mundo, que a nenhum pecador desamparais nem desprezais; ponde, Senhora, em mim os olhos de Vossa piedade e alcançai-me de Vosso amado Filho o perdão de todos os meus pecados, para que eu que agora venero com devoção a Vossa santa e Imaculada Conceição, mereça na outra vida alcançar o prêmio da bem-aventurança, pelo merecimento do Vosso benditíssimo Filho, Jesus Cristo, Nosso Senhor, que, com o Pai e o Espírito Santo, vive e reina para sempre. Amém!"

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Jubileu de Ouro - Diocese de Jundiaí/SP

Diocese de Jundiaí - 50 anos evangelizando o povo de Deus!

No último dia 08/01/17, tivemos a alegria em poder participar desse grande momento celebrativo que nossa diocese está vivendo, tempo de festa, de perceber as riquezas e poder ver quantos frutos essa igreja vem produzindo ao longo dos 50 anos de sua história.

Foi muito bom ver a Igreja reunida em torno dos nossos pastores, representados por vários bispos, de várias regiões do Brasil, a presença marcante do nosso clero diocesano e também o povo de Deus, representado por inúmeros movimentos, pastorais, associações, congregações religiosas e novas comunidades.

Pudemos ver a força de uma Igreja que está em plena atividade e cada vez mais, vem buscando crescer, melhorar, inovar, para permanecer sempre ativa na evangelização e com sede de ser, cada vez mais, uma Igreja Missionária, formando discípulos apaixonados por Jesus Cristo, para "Dar Cristo a quem não O tem e consciência de Cristo a quem já O possui" .(Servo de Deus - D. Gabriel Paulino Bueno Couto - 1º Bispo Diocesano de Jundiaí)

Parabéns a todos os que dedicaram de alguma forma, no momento da sua implantação e a todos os que hoje se dedicam na construção da nossa querida e amada Diocese de Jundiaí.

Adriel de Andrade
Fundador

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Adoração ao Santíssimo Sacramento - Jan/17

Nada melhor que começar o ano na presença do Rei Jesus!!!

Mas um ano iniciou e com muita alegria nos reunimos na sede da comunidade, no dia 07/01/17 às 15:00 h, para dar início às nossas atividades de 2017.
Desde o início da oração, fomos convidados a colocar todas as nossas preocupações e desafios desse novo ano, no coração misericordioso do Pai, através do seu filho Jesus Cristo, que nos une pelo Espírito Santo.


Jesus Eucarístico, mas uma vez se fez presente em nossa casa, acompanhado do Diácono Benedito Silveira Moraes (Paróquia São José - Itu/SP), e através da sua palavra nos convidou a fazer a experiência, narrada na primeira carta de São Pedro, Capítulo 5, Versículo 7 - "Lançai sobre ele toda a vossa preocupação, pois ele é quem cuida vós."





Em seguida, apresentamos ao Senhor nossos projetos pessoais, familiares e comunitários, para que Ele abençoasse nossas mãos, e através do trabalho e do compromisso de vida fraterna, possamos realizar tudo aquilo que está de acordo com a Sua santa vontade para nós durante o ano de 2017.
No momento de oração, lembramos da experiência vivida pelo reis magos, que atraídos pelo brilho da estrela, foram guiados até a presença de Jesus na manjedoura, para adorá-lo. Sentimos que durante o ano de 2017, nossa casa também será, um lugar sagrado, como aquela gruta de Belém, para a "Epifania do Senhor", um lugar da manifestação, da revelação divina, para todos os que nela entrarem para adorar o "Deus-Menino" e todos aqueles que de longe verão a luz de Jesus que emana do carisma da Comunidade de Aliança Família de Nazaré.

Jesus, Maria e José, nossa família vossa é!!!


Adriel de Andrade
Fundador

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Ano Mariano Nacional

Convocado pela Presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o Ano Nacional Mariano foi estabelecido como um tempo para celebrar, fazer memória e agradecer pelos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora da Conceição no rio Paraíba do Sul. A iniciativa de proclamação, aprovada pela 54ª Assembleia Geral da CNBB, teve início no dia 12 de outubro de 2016 e segue até o dia 11 de outubro de 2017.
Resultado de imagem para ano mariano
Os fiéis brasileiros poderão alcançar indulgência plenária durante o Ano Nacional Mariano. A Penitenciária Apostólica anunciou o pedido do papa Francisco para o reconhecimento do ano jubilar em curso no Brasil e a concessão da indulgência para aqueles que “verdadeiramente penitentes e impulsionados pela caridade” visitarem na forma de peregrinação a basílica do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida (SP), ou qualquer igreja paroquial do Brasil dedicada à padroeira do país.


Indulgência
A indulgência é a remissão, diante de Deus, da pena temporal devida pelos pecados já perdoados quanto à culpa. O fiel bem-disposto obtém esta remissão, em determinadas condições, pela intervenção da Igreja que, como dispensadora da redenção, distribui a aplica, por sua autoridade, o tesouro das satisfações (isto é, dos méritos) de Cristo e dos santos" (Paulo VI, Constituição Apostólica Indulgentarium doctrina, Normae I: AAS 59 (1967) 21).
Para alcançar a indulgência plenária, serão necessárias as condições habituais: a confissão sacramental, a comunhão eucarística e a oração na intenção do santo padre, o papa. O documento enviado pelo Supremo Tribunal da cúria romana ressalta que a remissão será concedida “aos fiéis verdadeiramente penitentes e impulsionados pela caridade, se em forma de peregrinação visitarem a basílica de Aparecida ou qualquer Igreja paroquial do Brasil, dedicada a Nossa Senhora Aparecida”.
No local, deverão “devotamente participar das celebrações jubilares ou de promoções espirituais ou ao menos, por um conveniente espaço de tempo, elevarem humildes preces a Deus por Maria”. A conclusão deste momento deve acontecer com a Oração Dominical, pelo Símbolo da Fé e pelas invocações da Beata Maria Virgem, em favor da fidelidade do Brasil à vocação cristã, impetrando vocações sacerdotais e religiosas e em favor da defesa da família humana”.

Idosos e enfermos
O documento enviado pelo organismo do Vaticano também estabelece uma condição especial para a obtenção das indulgências pelos devotos fiéis impedidos de fazer sua peregrinação por conta da velhice ou por grave doença. Igualmente poderão alcançar se “assumida a rejeição de todo pecado, e com a intenção de cumprir onde em primeiro lugar for possível as três condições, espiritualmente se dedicarem diante de alguma pequena imagem da Virgem Aparecida, a funções ou peregrinações jubilares, ofertando suas preces e dores ao Deus misericordioso por Maria”.